Analgesia/Dor

Clínica Veterinária do Lis

A dor é uma sensação desagradável, que varia desde o desconforto leve até ao severo. Está associada a um processo destrutivo actual ou potencial dos tecidos que se expressa através de uma reacção orgânica e/ou emocional.

A analgesia é a ausência da sensação normal de dor, sem perca de consciência.

Um dos nossos maiores cuidados com o bem estar animal é diminuir, ou se possível eliminar totalmente, a sensação de dor nos nossos pacientes. A dor está associada a diversas situações como traumatismos, cirurgia, doenças crónicas, processos osteoarticulares, tumores, etc.

Os animais reagem de maneira muito diferente à dor. Temos por exemplo os Retrievers do Labrador que têm uma sensibilidade à dor muito reduzida, comparada com os Caniches ou mesmo os Husky Siberianos que reagem muito, mesmo com dor supostamente ligeira. Além da raça, também a idade influencia na percepção de dor. Os animais mais jovens têm maior sensibilidade à dor que os mais idosos. A resposta à dor pode ainda ser alterada por alterações ambientas. Assim, é fundamental os donos aperceberem-se das reacções dos animais no seu ambiente doméstico, visto alguns animais exprimirem menos comportamentos de dor quando estão no consultório ou internados.

A escolha do analgésico depende da intensidade da dor. Em situações de dor severa e moderada, a escolha de morfina ou seus derivados é o mais aconselhado. Em casos de dor ligeira, a escolha recai sobre os analgésicos e anti-inflamatórios não esteroides.

O controlo da dor é de extrema importância, pois permite uma recuperação e um bem-estar mais rápido por parte dos nossos animais.
 
design binário